Converter Ethernet para serial pode ser mais fácil do que parece. O equipamento que realiza esta função é o conversor Ethernet/Serial e consiste em uma solução de alto desempenho e baixo custo para conversão do padrão TCP/IP para serial RS232/RS485. De formato adequado para montagem em painéis elétricos de automação industrial, é alojado em gabinete metálico para encaixe em trilho DIN e pode ser alimentado por tensão CC de 10 a 30V. O conversor suporta taxas de comunicação de 300 a 115200 bps nas portas RS232 e RS485, sem necessidade de ajustes. O padrão RS485 permite a comunicação de até 32 dispositivos em distâncias de até 1200 metros.

  • Tensão de Alimentação: 10 a 30 VCC
  • Porta Ethernet: RJ45
  • Velocidade Ethernet: 10Mbps
  • Protocolos: DHCP, TCP/IP, TCP/IP—MODBUS
  • Porta Serial 1: RS232 (RJ12)
  • Porta Serial 2: RS485 (Borne destacável com 5 conexões)
  • Velocidade Serial: 300 a 115.200 bps
  • Consumo de energia: 100 mA Máx.
  • Temperatura de operação: 0º a +70º C
  • Umidade: 5% a 95% (não condensante)
  • Dimensões (montado em trilho DIN na horizontal): A 72 x L 25 x P 60 mm
  • Proteções: A porta RS485 é dotada de dispositivos do tipo Transorb para proteção contra surtos de tensão.

Localização na rede LAN

A configuração de parâmetros do CS-Ethernet é realizada diretamente pelo navegador web. Para encontrar seu conversor na 

rede, utilize o freeware Ethernet Discoverer, disponível para download no site www.alfacomp.ind.br. Neste aplicativo é possível localizar o endereço IP do conversor, o nome atribuído e informações adicionais.

Uma vez aberto o software (figura acima), ele procura automaticamente os conversores plugados na rede (LAN). Para efetuar sua programação dê um duplo clique sobre o mesmo, e o browser será aberto na tela de configuração (próxima figura).

Observações Importantes

Deixe habilitada apenas a conexão de rede onde há conversores instalados. O broadcast para localização do conversor acontece apenas na interface de rede padrão instalada do Windows. Assim, é necessário desligar todas as outras conexões de rede como: WiFi, 3G, e outras placas de rede instaladas no seu computador.

O Conversor sai de fábrica com o configurado com o endereço IP “192.168.1.1”, você pode acessá-lo diretamente usando um cabo de rede Cross. Mas, se houver DHCP na rede, ele adquirirá um novo IP. Aí então, será necessário usar o Ethernet Discoverer para localizar seu novo endereço IP.

Se o endereço IP do seu PC estiver fora da faixa do IP do Conversor o mesmo será encontrado pelo Ethernet Discoverer, mas o Browser não vai abrir a página de configuração residente no Conversor. Neste caso, vá em “Conexões de Rede” e atribua um IP fixo na mesma faixa do Conversor à sua interface de rede, e tente novamente.

Para retornar todas as configurações originais de fábrica, inclusive o endereço IP, segure o botão (tact switch) pressionado e alimente o Conversor. Quando o LED ficar aceso (sem piscar) solte o botão, que o conversor iniciou o procedimento de reset às configurações originais.

Configurações de usuário e senha

Ao clicar em qualquer uma das opções de configuração será exibida a tela de login, entre com o usuário e senha para que seja liberada a alteração de parâmetros. O usuário de fábrica é “admin” e a senha é “admin”.

Configurações administrativas

Esta tela tem a função de alterar o nome do usuário e a sua senha.

Configurações de rede

Endereço MAC – O Endereço MAC é dado por um CI (Circuito Integrado) SMT montado no Conversor. Isto garante que seu endereço MAC é único e exclusivo. De preferência não altere este campo. Porém, em muitas redes, os administradores validam também o MAC. Logo, este campo permite em caso de substituição do equipamento na rede, que seja criado um clone do equipamento para fins de manutenção. Mas lembre-se, nunca conecte o equipamento antigo com o novo na mesma rede.

Invisível – Torna o conversor invisível para localizadores.

Host Name – Nome do seu equipamento na rede.

Habilitar DHCP – Habilite este campo para utilizar ingressar em redes que tenham servidor.

DHCP (IP dinâmico) – Para usar IP fixo desabilite este campo.

MODBUS/TCP – Habilita o modo de comunicação

MODBUS/TCP.

Porta de Comunicação – Define por qual porta ocorrerá a comunicação TCP. No modo MODBUS a porta padrão é a 502.

Demais configurações de rede – Modo Servidor: Configura porta de conexão com outros equipamentos. Modo Cliente: Configura endereço IP e porta de conexão do servidor.

 

Configuração da porta serial

Na tela de configuração da porta serial são ser feitas as configurações de velocidade, bits de parada e paridade.

 

Após todas as configurações serem feitas o conversor já estará pronto para funcionar conforme desejado.

Leia também

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


alfacompbrasil
alfacompbrasil

No mercado desde 1992, a Alfacomp fabrica produtos e equipamentos de telemetria que viabilizam sistemas SCADA de Telesupervisão e Telecomando. Nossos rádios modem e unidades remotas de telemetria auxiliam empresas de saneamento e energia na melhoria da rastreabilidade, controle de qualidade, eficiência energética e controle de perdas. Aliados a clps de mercado e operando em protocolos abertos, nossos produtos compõem soluções de alto desempenho e baixo custo. Since 1992, Alfacomp designs and manufactures telemetry devices and solutions for SCADA systems. Our data radios and RTUs help water, oil and energy companies to improve their programs of quality control, traceability, energy efficiency and loss control. Connected to plcs and communicating through open protocols, our solutions compose high performance low cost systems.

    2 replies to "Como converter Ethernet para RS232 e RS485"

    • Luís shiShi Seino

      Foi muito útil, agradeco!

      • alfacompbrasil

        Agradecemos seu feedback Luís. Abraços

Deixar uma resposta